Strict Standards: Only variables should be passed by reference in /home/hotelser/public_html/includes/Funcoes.php on line 677
hoteis em goiania - hoteis em goiania
Anterior Próximo




Conheça Goiás

ARUANÃ

A temperatura de Aruanã aumenta durante a temporada do ria Araguaia, que vai de junho a setembro. Principal portão de entrada do maior cartão-postal goiano, a cidade recebe cerca de 150mil turistas e, a cada dia, adquire maior estrutura para receber bem. As águas doces e volumosas do ria fazem a alegria dos visitantes que aproveitam para andar de jet-ski, lanchas e outras embarcações náuticas. Na areia, o tempo é ocupado pelo banho de sol e esportes de praia durante o dia. À noite, uma vasta programação artística e cultural toma conta da cidade. Com uma população de 5 mil habitantes, Aruanã conta com uma excelente estrutura hoteleira e de serviços, com grande número de condomínios, gurada-barcos e o aeroporto com pista asfaltada de 1.300 m, que atende a vôos noturnos.

Situada na confluência dos rias Vermelho e Araguaia, a cidade foi chamada de Aruanã em razão da presença de um peixe com o mesmo nome. Aruanã também significa uma dança dos índios Karajá, uma grande aldeia que ocupava a região.

 

RIO QUENTE

Rio Quente, município com 5 mil habitantes, é um local onde a natureza foi extremamente prodigiosa. Seu pólo turístico está localizado no sopé da Serra de Caldas, onde surgem as fontes de águas quentes. Beneficiado pela boa infra-estrutura de estradas, conta com os serviços dos aeroportos de Caldas Novas, a 22 km, para as médias e grandes aeronaves, e do Rio Quente, para pequenas aeronaves.

De uma beleza exótica, clima ameno e uma rica flora, tem atrativos para as quatro estações do ano. Rio Quente atende às variadas faixa etárias e gostos dos turistas, seja em busca de respostas terapêuticas, para contemplação, descanso, entretenimento e até para o agito de atrações radicais dentro e fora dágua. A rede hoteleira pode ser comparada com as melhores do mundo, com grande oferta de leitos.

 

CACHOEIRA DOURADA

O município de Cachoeira Dourada, com uma população aproximada de 8 mil habitantes, está localizado na região sul de Goiás, banhado pelas águas dos rios Paranaíba e Meia Ponte. O que mais fascina os visitantes são as propriedades da água quente e salgada do município, composta de diversos elementos químicos como sódio, magnésio, enxofre e fósforo. A água brota naturalmente a uma temperatura entre 38º e 47º C. Exames laboratorias realizados na água demonstram as suas propriedades. Ela pode auxiliar no tratamento de infecções do aparelho digestivo, estimular o funcionamento das glândulas endócrinas e produzir efeitos sedativos sobre o sistema nervoso. A água tem demonstrado benefícios também no tratamento de reumatismo, artrite, alergias, afecções da pele, neuralgias e afecções da pele, neuralgias e afecções articulares, além de arteriosclerose o osteoporose. Uma verdadeira fonte de vida.

 

GOIÁS (GOIÁS VELHO)

Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população estimada em 2005 era de 26.705 habitantes de acordo com o IBGE. O município foi reconhecido em 2001 pela UNESCO como sendo Patrimônio Histórico e Cultural Mundial por sua arquitetura barroca peculiar, por suas tradições culturais seculares e pela natureza exuberante que a circunda.

O município sedia anualmente o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental - FICA. A procissão do Fogaréu traz mais de dez mil visitantes todo ano à cidade. A Cidade de Goiás tem em sua história e formação uma relação muito ligada as culturas Africanas e indigenas, essa relação fica ainda hoje explicita em divérsas manifestações culturais por toda a cidade um exemplo são duas escolas "Espaço Cultural Vila Esperança" e "Quilombinho". Além desses exemplos temos também O Grupo de Capoeira Angola Meninos de Angola sob a coordenação do professor Chuluca, todos esses movimentos fazem da cidade um caldeirão de cultura e ressistência.

 

URUAÇU

Com 34 mil habitantes, Uruaçu localiza-se na região norte do estado e tem como atrativo o lago da usina de Serra da Mesa, com 1.784 km² de área inundável.

O município é banhado pelo reservatório e conta com a beleza das ilhas e praias. O litoral de água doce vem atraindo um grande número de visitantes.

 

LAGOA SANTA

O município de Lagoa Santa, com uma população de 2.100 habitantes, tem sua origem nos desbravadores sertanistas. A cidade estava na rota dos padres jesuítas, que saíam de São Paulo, e chegavam a Goiás pelo Rio Aporé. A travessia era feita em balsa, substituída anos mais tarde por uma ponte de madeira, que hoje divide Goiás e Mato Grosso do Sul.

O município é uma das maiores fontes de águas termais e medicinais da América Latina e está capacitado para oferecer aos turistas uma boa infra-estrutura de lazer.

Uma atração à parte, que encanta o visitante, é a prática do turismo ecológico. Com uma fauna e flora preservadas e extensa área de matas, a região é uma verdadeira reserva natural.

 

TRÊS RANCHOS

A arquitetura moderna, a sofisticação e a ampliação dos espaços das inúmeras mansões que circundam o Lago Azul parecem criticar e até desafiar a expressão “Três Ranchos”, o point turístico dos empresários de Goiás e Minas que construíram suas casas de veraneio no local. Com seus 444 Km², de águas transparentes, que representam quase duas vezes o tamanho da Baia de Guanabara, não é de se admirar que o Lago Azul tenha transformado a cidade, localizada no sudoeste do Estado, à margem direita do rio Paranaíba, no Balneário mais aprazível e bem estruturado do turismo goiano. A fauna aquática do Lago Azul é muito rica, com grande quantidade de peixes: Tucunarés, Pintados, Filhotes, Tambaquis e Piamparas. As águas azuis e transparentes convidam para passeios de esquis, jet-skis, caiaques, deliciosos mergulhos, em meio ao desfile das lanchas de cores alegres e tamanhos variados.

O município de Três Ranchos era inicialmente apenas um ponto de parada dos boiadeiros que passavam pela região. A instalação oficial do município se deu em 1º de janeiro de 1954. Desde o começo a população viveu em torno do garimpo. Com o lago, a população descobriu outra mina rentável: a beleza natural e os recantos mais exóticos que atraem turistas de várias partes do Brasil.


JATAÍ

A cidade de Jataí, com uma população de 76 mil habitantes, é considerada o ponto de partida para o turismo no sudoeste goiano. Dotada de belezas naturais, históricas e culturais, a região oferece uma gama de atrativos turísticos como o enorme lençol de águas termais e o magnífico lago Bom Sucesso, parte do projeto Pólo Turístico Vale do Paraíso.

A cidade possui uma completa infra-estrutura para receber os turistas, rede hoteleira com estabelecimentos urbanos e rurais e várias áreas de camping. A gastronomia típica goiana é bastante explorada nos restaurante da cidade que servem os mais conhecidos sabores do cerrado. O município conta com um aeroporto com pista afastada de 1.494 m, além de hospitais, com equipamentos de última geração.

 

CALDAS NOVAS

O município de Caldas Novas, com uma população de 65 mil habitantes, é um dos pontos turísticos mais procurados do país. Localiza-se numa região rica em jazidas minerais e tem como maior atrativo suas fantásticas águas quentes. Caldas Novas oferece ao turista o maior complexo turístico de águas termais do mundo.

Com uma completa infra-estrutura de hotelaria, bares, restaurantes e campings, é um verdadeiro oásis no interior do Brasil. Possui um moderno aeroporto e é interligada por via asfáltica aos principais pontos do país.

Recebe visitantes para a prática dos mais diversos tipos de turismo como o de eventos e negócios, saúde e ecoturismo.

 

PIRINÓPOLIS

Pirenópolis é uma cidade do interior de Goiás, tombada como patrimônio histórico nacional. Consagrado pólo turístico regional, guarda em seus casarões seculares um retrato vivo da história goiana. Cercada por natureza exuberante, oferece a seus visitantes agradável estada com diversos atrativos naturais, como cachoeiras, reservas ecológicas, parques e mirantes. Além de uma farta culinária e festividades folclóricas tradicionais. Vale a pena conhecê-la.

 

LUÍZ ALVES

Luiz Alves é um dos portos mais antigos do Araguaia, do lado de Goiás e, durante muitos anos, seu principal centro comercial da região do médio norte goiano, movimentado pelos batelões de cargas e pelas canoas dos pescadores, que vendiam peixes, peles e carne de animais silvestres. O porto pertence ao município de São Miguel do Araguaia, que tem sede a 45KM de Luiz Alves. Luiz Alves está em um ponto estratégico do rio. Fica numa enseada, onde os barcos podem encostar sem problemas de corredeiras. O barranco é alto e as cheias do rio nunca chegam até as casas construídas pelos ribeirinhos. Nos últimos 15 anos, Luiz Alves foi descoberto pelo turismo e já é considerada uma das regiões de maior piscosidade em todo o Estado. É o municipio goiano mais próximo da Ilha do Bananal, a maior ilha fluvial do mundo, totalmente preservada e um dos maiores berços de animais, peixes e aves. As praias de Luiz Alves são mais desertas, aumentando as chances de avistar animais silvestres e aves. Os acampamentos são instalados em no máximo 25km do porto, aproveitando, assim, a proximidade de serviços urbanos e, principalmente, dos postos de saúde e do Corpo de Bombeiros.









Av. Contorno Nº 2.036, St. Norte Ferroviário - Goiânia - Goiás - Brasil, CEP: 74063-350 (62) 3213-3133 contato@hotelserradasaguas.com.br



2014 © hoteis em goiania Todos os direitos reservados Docksan